Memória e Cuidado

weathered-red-door.jpgSe cuido de algo ou de alguém, lembro disso que cuido. Mas, se lembro de algo ou alguém, isso não quer dizer que cuido disso, pois posso lembrar até do que gostaria de destruir.

Isso é assim porque há uma relação interna entre cuidar e lembrar: a memória faz parte, é constitutiva, da noção de cuidado. Mas a noção de cuidado não é constitutiva da noção de memória.

O amor é uma forma de cuidado. Logo, lembrar é constitutivo do amar.

(Anotações a partir de Margalit, Ethics of Memory, cap. 1.)

Roubado de Antiindividualismo e memória: pesquisa sobre a retenção e a reconstrução de conteúdos mentais adquiridos no passado

Advertisements

Leave a comment

Filed under Care, Ethic of memory, Margalit, Memory, Philosophy

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s