Take no prisioners!

gerchman.jpgChegaste de assalto, sem dizer olá, e já foste metendo as mãos em meus bolsos, nas minhas roupas. Em instantes estava despido, nu. Sem roupas nem máscaras, completamente nú.

Estava roubado.

Agora, busco ladrões em cada esquina, porém eles não sabem roubar…. Ou são muito lentos, ou muito rápidos, ou não roubam o suficiente mas, principalmente, nenhum deles consegue me despir.

Como consigo um ladrão de qualidade?

Leave a comment

Filed under Anguish, Literature, Poetry

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s