O que é a filosofia para Hegel

Hegel busca resgatar para o debate toda filosofia que o precede para demonstrar que “(…)a relação dos sistemas filosóficos do início para com os que vieram mais tarde é em geral a mesma relação dos graus anteriores da idéia lógica para com os posteriores; e, na verdade, de modo que os posteriores contenham em si os anteriores como suprassumidos. É esse o verdadeiro significado da refutação – que ocorre na história da filosofia, e é tantas vezes mal entendida – de um sistema filosófico por outro, e, mais precisamente, do sistema anterior pelo posterior (…) Ora, bem: ainda que se possa conceder que todas as filosofias foram refutadas, deve-se ao mesmo tempo afirmar também que nenhuma filosofia foi refutada; e ainda que também que não pode ser refutada.(…)Qualquer sistema filosófico tem que ser considerado como a exposição de um momento particular, ou de um grau particular no processo-de-desenvolvimento da Idéia.”  (Hegel, adendo ao §86 da Enciclopédia das Ciências Filosóficas em Compêndio, 1830)

[Roubado da Juliana]

2 Comments

Filed under Hegel, Philosophy

2 responses to “O que é a filosofia para Hegel

  1. Juliana de Albuquerque K.

    Roubado de mim? =O

  2. Roberto Autran Nunes

    Leia Hegel, divulgue as idéias daquele que se compreendido pela humanidade, faria dela o paraíso na terra. Compreenda-o, e descortine o mundo, destrua todas as pseudo-verdades que já lhe foram impostas, veja o mundo por si mesmo; seja intelectualmente independente, veja que alguns filósofos ovacionados no mundo acadêmico não passam de péssimos intérpretes do pensamento clássico. Compreenda que há alguns tipos de pessoas bem definidas, as que nunca leram Hegel; as que leram e não compreendem Hegel e por isso dizem que não gostam; as que leram e compreendem Hegel, mas preferem ocultá-lo para assim manter sua hegemonia de pensamento e consequente manipulação da massa ignorante e, finalmente, aqueles que compreendem Hegel como: O Tratado da Correção do Intelecto “em pessoa”, que vêm nele a cura da ignorância crônica sofrida pela maior parte daquilo que alguns não se envergonham de nomear como humanidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s