Category Archives: Culture Industry

Dialética do Esclarecimento

“O burguês que deixasse escapar um lucro pelo motivo kantiano do respeito à mera forma da lei não seria esclarecido, mas supersticioso – um tolo. A raiz do otimismo kantiano, segundo o qual o agir moral é racional mesmo quando a infâmia tem boas perspectivas, é o horror que inspira a regressão à barbárie” (Adorno e Horkheimer, p. 85)

Advertisements

Leave a comment

Filed under Adorno, Anthopology, Aufklarung, critic, Culture, Culture Industry, Enlightment, Horkheimer, Kant, Philosophy, Quote

INDÚSTRIA CULTURAL E EDUCAÇÃO DO CORPO NO JOGO DE CAPOEIRA – Muleka Mwewa

capoeira.gifA capoeira se combina – seja na forma de jogo, luta, dança ou mesmo esporte-espetáculo –

com um conjunto de outros elementos da cultura corporal dos afro-brasileiros, estruturando-se dialeticamente nos processos políticos, sociais e históricos que circundam o meio onde é praticada. A presente investigação procurou revelar a interface entre os elementos constitutivos dessa manifestação e os pressupostos da teoria crítica a partir do conceito de indústria cultural, com especial atenção à obra de Theodor W. Adorno. Objetivou, também, identificar as diferentes pedagogias existentes no jogo de capoeira, por

meio da análise sócio-histórica dos seus elementos estruturadores. As análises indicaram as tensões da multivocalidade dessa manifestação cultural localizada entre os ardis reificantes da sociedade administrada e seu potencial pedagógico como expressão de inconformismo cultural. Elas também indicaram que a prática da capoeira no contexto do “tempo livre” solapa a construção/produção de conhecimento presente no universo desta manifestação cultural que se legitima como afro-brasileira.
Palavras-Chave: Manifestação cultural – Sujeitos – Indústria cultural – Pedagogia do corpo – Educação

Download da Monografia Completa: INDÚSTRIA CULTURAL E EDUCAÇÃO DO CORPO NO JOGO DE CAPOEIRA: Estudos sobre a presença da capoeira na sociedade administrada – Muleka Mwewa

Leave a comment

Filed under Adorno, Corporal Pedagogies, Culture Industry, Culture manifestation, Education, Hall, Subject

Rodrigo Duarte – Teoria Crítica da Indústria Cultural

084.jpgVilém Flusser diz, sobre a televisão, que nela existe uma desproporção entre sua simplicidade operacional – basta ligar o aparelho e selecionar o canal desejado – e sua complexidade estrutural, i.e., um sistema em cuja produção existem inúmeras e intrincadas mediações, que não são de modo algum ‘visíveis’ a olho nu, comportanto uma considerável perda de autonomia por parte do usuário: ‘Em jogos estruturalmente complexos e funcionalmente simples existe o perigo de que o ‘jogador’ se torne a bola do jogo, porque ele parece dominar de tafo forças que lhe são misteriosas, mas pode ser tragado por essas forças exatamente porque elas lhe permanecem misteriosas’. (Für eine Phänomenologie des Fernsehens, p. 106).

In: DUARTE, Rodrigo. Teoria crítica da indústria cultural, Belo Horizonte, Editora UFMG, 2003. p. 189, nota 1

2 Comments

Filed under Critical Theory, Culture Industry, Philosophy, Quotes, Rodrigo Duarte, Television, Vilém Flusser