Category Archives: Desire

Fortes e fracos

strength

Pode uma fraqueza ser forte? Ou uma força ser fraca?

Pessoas podem ser fracas quando choram, quando pedem perdão ou quando doentes. Ou são fortes?

Força e fraqueza parecem qualidades e feitos opostos.

Peso, por exemplo, carrega a balança para a força, ou mesmo para a fraqueza. Carregar um peso é uma demonstração de força, sucumbir, fraqueza.

Mostrar força, na fraqueza, é força ainda maior: é força em dobro..

Na fraqueza, adentrar nela, é ser duplamente fraco.

Se, na escala dos desejos, possuímos uma hierarquia, sucumbir a vícios é fraqueza, superá-los, é força. Pessoas sós são fracas, em conjunto, fortes. Impenetrabilidade é força, penetrabilidade é fraqueza….

Força e fraqueza servem a tantas coisas que fico perdido… fraco? ou forte?

Advertisements

1 Comment

Filed under Culture, Desire, heavy, Poetry, strength, weakness

Despedida(?)

049.jpg

Samba triste

(Baden Powell e Billy Blanco)

Samba triste
A gente faz assim:
Eu aqui
Você longe de mim, de mim
Alguém se vai
Saudade vem
E fica perto
Saudade, resto de amor
De amor que não deu certo
Samba triste
Que antes eu não fiz
Só porque
Eu sempre fui feliz, feliz, feliz, feliz
Agora eu sei
Que toda vez que o amor existe
Há sempre um samba triste, meu bem
Samba que vem
De você, amor

3 Comments

Filed under Anguish, Desire, Life, Literature, Love, Poetry, Samba

Sombra e destino

“EU não sou o EU, nem sou o OUTRO
sou qualquer coisa de INTERMÉDIO”
Mário de Sá Carneiro 

sunp0008.jpg

Continue reading

3 Comments

Filed under Anguish, Cartola, Desire, Essay, Goethe, Life, Literature, Metaphysics, Music, Nature, Philosophy, Preciso me encontrar, Self, Werther, Wilhelm Meister