Category Archives: Plato

Erro e alienação – Bento Prado Jr.

Erro e alienação
BENTO PRADO JR.

Em memória de Gérard Lebrun, cidadão honorário de São Paulo (1)

“La vraie philosophie se moque de la philosophie” (2) Blaise Pascal

Há dois ou três meses, tomava notas a respeito de uma questão que me obseda há tempos, e à qual já consagrei inúmeras páginas, quando tive a triste notícia da morte de Gérard Lebrun. Voltei então a seus escritos e descobri, com uma injustificável surpresa -como falha nossa memória…-, o quanto meus temas e problemas atuais deviam às aulas ouvidas na rua Maria Antonia, há tanto tempo, na década de 60. É nos livros, então inéditos, sobre Kant e Hegel que vim a reencontrar, agora, uma interrogação contínua a que fui muito sensível, sem plena consciência de seu sentido, nas exposições que precederam a publicação. Em textos recentes (3), eu havia examinado algumas instâncias da confusão “categorial” entre erro, sonho, ilusão e loucura, recorrentes na filosofia contemporânea, a serem corrigidas (como deve ser corrigida a própria idéia de “erro categorial”) por uma revalorização do valor crítico da história da filosofia na estratégia geral do pensamento. Continue reading

Advertisements

1 Comment

Filed under Academics, Alienation, Bento Prado Jr, Kant, Mistake, Philosophy, Plato

C’est tout ce qui nous reste

from1.jpg No seminário do ano de 1964, Lacan fez da transferência um dos quatro conceitos fundamentais da psicanálise, ao lado do inconsciente, da repetição e da pulsão.Definiu-a como a encenação,através da experiência analítica,da realidade do inconsciente. Esta perspectiva levou-o a ligar a experiência à pulsão.” (E. Roudinesco e M. Plon,”Dicionário da Psicanálise”,Mem Martins, Ed. Inquérito, 2000,p. 755).

O conceito de transferência tem suas primeiras ocorrências nas obras de Freud de 1894, “As neuropsicoses de defesa” e, de 1895, na obra “Estudos sobre histeria”, cap 4. Ele é utilizado para explicar fobias e idéias obsessivas pressupondo que: i) a força desta representação é através do afeto ligado a ela; e, b) representações fortes exigem trabalho (de descarga) à mente, enquanto fracas fazem pouca ou nenhuma exigência. Continue reading

Leave a comment

Filed under Lacan, Love, Nietzsche, Performance, Plato, Psicology, Psycanalisis, Transference

Espelhamento: o reflexo de si enquanto conceito

Magritte - Dangerous Liaison

Ao observar o quadro Ligações Perigosas (1926, 72×64 cm, óleo sobre tela) de Magritte, consegui compreender uma idéia filosófica de muito importante: a idéia do conflito. Continue reading

Leave a comment

Filed under Adorno, Anthropology, Arts, Culture, Hobbes, Magritte, Mirror, Philosophy, Plato, Words